By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 


Número 43

VIBRAÇÕES: ELAS INFLUEM? Última Parte (7)

Vibrações

  Jorge Knirsch

 Continuação 

No Audiophile News 13, iniciamos a análise de alguns sistemas antivibracionais que podem ser colocados sob nossos equipamentos de áudio e vídeo, proporcionando um aumento da resolução e transparência. Se pudermos escolher o sistema antivibracional adequado para a situação específica do nosso sistema, conseguiremos otimizar o equilíbrio tonal do conjunto. Naquela época, havíamos iniciado esta série mencionando os spikes, mostrando qual o resultado que trazem e de que forma influenciam no equilíbrio tonal. Como vimos, eles realçam levemente a parte das altas freqüências.

Em seguida, no Audiophile News 17, falamos das bandejas antirressonantes, que atuam em ambas as direções, ou seja, na absorção de movimentos horizontais e também na de movimentos verticais. Dependendo do princípio que a bandeja escolhida usa para absorver as ressonâncias, ela poderá trazer um excelente resultado, aumentando a resolução e a transparência do sistema, sem alterar em demasia o equilíbrio tonal. No Audiophile News 21 falamos dos dispositivos antivibracionais horizontais, que favorecem os agudos, mas que devem ser usados com muito critério, para não tornarem a reprodução sonora excessivamente brilhante e metálica a ponto do resultado final ficar estridente e ardido. No Audiophile News 27, analisamos os discos de borracha especial, que também aumentam a resolução, levando o equilíbrio tonal levemente para os graves. No Audiophile News 33 verificamos as influências de molas sob os aparelhos, sistema este largamente usado em estúdios no primeiro mundo. No Audiophile News 39, analisamos a influência das estantes/prateleiras onde ficam os equipamentos de áudio/vídeo. Neste número 43 vamos encerrar esta série, mostrando como aplicar todo este conjunto de dispositivos antivibracionais para a otimização sonora do nosso sistema.

 

© 2004-2014 Jorge Bruno Fritz Knirsch
            Todos os direitos reservados
            www.byknirsch.com.br

                Como montar um conjunto antivibracional para o nosso sistema de áudio/vídeo

              Bem, aqui o assunto fica mais complexo. O mais importante, antes de começarmos a montar o conjunto antivibracional, é conseguirmos detectar como está o equilíbrio tonal do nosso sistema. Identificando com clareza o que está ocorrendo, saberemos que correção deveremos fazer e teremos a direção de quais dispositivos antivibracionais usar ou deixar de usar. Para fazermos esta avaliação com precisão, a nossa experiência auditiva é grande valia!

           Feito isto, para a devida correção, recomendamos o uso de uma associação entre os vários tipos de dispositivos disponíveis. Para explicar como deveremos proceder, vamos começar instalando os diversos elementos antivibracionais, a partir do aparelho até chegarmos à base da prateleira onde está colocado, ou ao chão, se for o caso, tendo como objetivo aumentar a resolução e otimizar o equilíbrio tonal.
            Vamos começar colocando uma bandeja, ou uma pedra, debaixo do aparelho, para conseguirmos mais massa. Se o aparelho estiver numa prateleira, a bandeja será a mais recomendada. Debaixo da bandeja/pedra, poderemos colocar algumas alternativas como: molas, discos de borracha especial, spikes, ou spikes com borracha. Cada alternativa e variante dará um equilíbrio tonal diferente, e estaremos pesquisando qual é a solução ideal para o nosso sistema, sempre na busca de aumentarmos a resolução. Para sistemas mais equilibrados, recomendamos o uso das molas. Para sistemas tendendo para os graves, poderemos usar os spikes, com ou sem os discos de borracha, e para os sistemas tendendo para os agudos, poderemos usar os discos de borracha ou as molas sob um elemento bem pesado.
             Agora, entre a bandeja/pedra e o aparelho, recomendamos usar os discos de borracha ou os spikes com/sem borracha. Caso usemos os spikes com os discos de borracha, estes poderão ser colados, com cola de contato, no lado maior do cone ou debaixo das bases especiais para os cones (os resultados sonoros serão diferentes!). Para cada aparelho, o conjunto de dispositivos antivibracionais poderá ser específico, dependendo do objetivo sonoro que desejarmos alcançar.

             Equipamentos que já possuem um sistema de amortecimento acoplado aos seus pés, como por exemplo é o caso do meu cd-player atual, o Accuphase DP-67, se não quisermos anular este dispositivo, o recomendável é usarmos uma placa de vidro em baixo do aparelho. O importante é que a espessura desta placa não seja muito fina, para que não se formem ressonâncias advindas do próprio vidro. Recomendamos uma espessura mínima de 5mm. Em baixo desta placa de vidro, poderemos colocar os spikes, sem os discos de borracha, os quais se apoiarão em uma pedra de 5,0cm de espessura e, por baixo dela, colocaremos as molas, de forma que cada mola suportará um peso de 10 a 20Kg e, debaixo das molas, colocaremos outra placa de vidro espessa, para ficar por cima do carpete. É melhor evitarmos o uso de chapas massiças de madeira, no lugar das placas de vidro, por terem uma característica sônica muito peculiar, valorizando os médios baixos.
              As minhas caixas acústicas estão sobre quatro spikes, os quais se apóiam sobre uma pedra que está sobre molas diretas no chão.
            

              Desejo a todos gratificantes experiências!! E também excelentes audições!!

Elemento Antivibratório com Mola e Espuma Vibspring VS-P 01E

                                                                   

             Discos de Borracha Especial  

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br