By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 

 
Número 77

Equipamentos e Cabos

Flávio Adami
flavioadema@uol.com.br

       

O Nosso Cérebro Audiófilo
     

                    Gostaria de entrar num assunto que está mais para o lado sensorial e psicológico do que qualquer outra coisa. Gostaria também que os leitores do Audiophile News mandassem, por e-mail, suas opiniões a respeito desse assunto, de certa forma também polêmico, que mexe sem dúvida com nossa sensibilidade auditiva, mas que considero importante.

© 2006-2016 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
http://www.byknirsch.com.br


                    Pelo fato de testar equipamentos por mais de 15 anos, notei que a minha percepção auditiva, na avaliação de um sistema, se altera conforme meu estado de espírito. Ou seja, se estou tranqüilo e descansado, a sonoridade se mostra de uma maneira, se estou tenso e cansado, a sonoridade se mostra outra. Por diversas vezes, nos meus testes, aconteceu que, após a instalação de caixas pesadas, por exemplo, e mais toda parafernália de ligações, achei tudo aquilo ruim com uma sonoridade péssima. No dia seguinte, relaxado e descansado, comecei a perceber as qualidades do equipamento com muito maior clareza. Outra coisa que altera minha audição é escutar música em estado de sonolência. O meu cérebro limita principalmente as altas freqüências, quando estou com sono, às vezes condenando injustamente um equipamento pelo fato de estar cansado. No dia seguinte, tranqüilo e desperto, ouço toda gama de freqüências com muito mais clareza. Percebi também que o nosso cérebro precisa de um tempo para se adaptar a certas situações de audição.

                    Certa vez, viajei com uma amigo por muitas horas, escutando o som de seu automóvel, de muito boa qualidade por sinal, porém com os agudos excessivamente proeminentes, me causando um grande cansaço auditivo. Quando cheguei em casa e liguei meu som, a primeira sensação que tive é que meu equipamento não tinha agudos e nem graves. Meu cérebro demorou algum tempo para se adaptar àquela realidade. Experimentem escutar um cd ou LP, que tenha agudos exagerados, com excesso de brilho. Eu, como um apaixonado por música brasileira, costumo escutar gravações nacionais onde os agudos são claramente brilhantes, às vezes por horas a fio, mesmo porque isso é necessário, quando fico prestando atenção nos arranjos, por causa dos meus estudos de violão. Quando retorno a um cd de referência, tenho a sensação de que meu equipamento ficou velado e lá vai novamente meu cérebro buscar a equalização ideal para compensar aqueles momentos de  descompensação auditiva. O importante, num equipamento de áudio de alta qualidade e bem ajustado, é procurar sempre gravações audiófilas de referência, junto a constantes audições ao vivo, para que tenhamos um norte com relação aquilo que realmente é correto, com um perfeito equilíbrio tonal. Quando temos essa referência, podemos, de vez em quando, como no meu caso, dar umas escapadelas pelas músicas que adoramos, mas que nem sempre são bem gravadas, ou melhor, equalizadas de forma correta. Entretanto, se temos um ponto ideal de referência, fiquem tranqüilos, pois o nosso cérebro rapidinho encontra a equalização correta e redescobre novamente a satisfação de ouvir música.

                    Ótimas audições a todos!
      

          

Elemento Antivibratório com Mola e Espuma Vibspring VS-P 01E

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br