By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 


Número 97

A Evolução do Áudio no Computador (2ª Parte)

Equipamentos e Cabos

  Matias Eduardo Reccius
matias.reccius@gmail.com


          
Produtos no Mercado


                    Uma primeira onda de
conversores USB para SPDIF se popularizou no Brasil, pelo pequeno tamanho (pouco maior que um pen drive) e pela ótima qualidade sonora, se comparado a uma interface de home studio ou a uma saída SPDIF de notebook. Estamos nos referindo ao M2TECH hiFace, um “chaveirinho” branco, que possibilitou a entrada de muitos audiófilos no mundo do áudio no computador, por um custo relativamente baixo.

 


 

© 2006-2016 Jorge Bruno Fritz Knirsch
           Todos os direitos reservados
           http://www.byknirsch.com.br


                    Com o sucesso e a popularidade do hiFace no mundo todo, uma segunda geração de conversores, ainda mais refinados, entrou no mercado. A própria M2TECH lançou o hiFace EVO que, como o nome sugere, é uma evolução do hiFace original. Também a empresa americana Wavelength, fundada por Gordon Rankin, desenvolveu com sucesso um código para a implementação da conversão USB para SPDIF (Streamlength). Através do seu produto, o Wavelink, esta empresa passou a comercializar o seu código e também licenciou-o para outras empresas, como a Ayre, com o conversor QB-9, e também para o pequeno Halide The Bridge. Recentemente, outros produtos de grande sofisticação entraram no mercado, como o Alpha USB, da Berkeley Audio Design, o Off-Ramp 4, da Empirical Audio, e o Audiophilleo, Sonicweld Diverter USB to SPDIF Converter entre outros.
                    A guerra contra o jitter se estendeu ainda mais com o uso de cabos digitais audiófilos de alta qualidade, tanto USB quanto coaxiais, com renomados fabricantes de cabos entrando no mercado de cabos USB, como Nordost, Audioquest, Kimber e Tara Labs. Além disso, alguns conversores passaram até a aceitar clocks externos, os mesmos usados nos estúdios profissionais. Outros conversores continuaram usando e regulando a alimentação vinda pelo cabo USB, e ainda outros passaram a usar fontes externas lineares reguladas ou até mesmo a bateria de lítio. Com isso, hoje, a reprodução de áudio no computador está em um nível tão alto que já temos sistemas high-end, baseados em computador, se igualando ou até mesmo superando os melhores transportes de disco. Claro que, como todo sistema high-end, estas soluções de interface também podem ser muito caras.

           Caso haja dúvidas a respeito de alguns termos técnicos, recomendamos consultar o site: http://en.wikipedia.org/wiki/Main_Page


              powerline Audiófilo, Special e Protect


 

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br