By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 


Número 120

A Evolução do Áudio no Computador (7.ª Parte)

Software

  Matias Eduardo Reccius
matias.reccius@gmail.com
www.ambaraudio.com.br


          
Alta Resolução


           
Falar de áudio no computador sem falar de alta resolução seria ignorar uma das principais vantagens desta fonte. Sabemos que o MP3 pode ter popularizado o comércio de música na Internet, o FLAC pode ter-nos conscientizado da importância de mantermos a qualidade original sem perdas, mas os arquivos FLAC em alta resolução é que fazem a proposta do computador, como fonte de áudio, ficar realmente interessante a nós, audiófilos. O que poderia ser melhor do que a segurança de termos, no nosso computador, o arquivo original do estúdio de gravação, idêntico com o original, bit a bit, sem diferenças de prensagens?

 

© 2006-2016 Jorge Bruno Fritz Knirsch
           Todos os direitos reservados
           http://www.byknirsch.com.br

              O áudio, em alta resolução, pode ser genericamente definido como sendo uma codificação PCM ("Pulse Code Modulation", modulação por código de pulso, em inglês, que é o mesmo padrão usado nos CDs, DVDs, Blu-Rays, etc.), com pelo menos 24 bits ou com freqüência de amostragem igual ou maior do que 88kHz. Exemplos: 24/44, 24/88, 24/96, 24/192, etc. O comum é vermos os álbuns sendo vendidos, nos grandes sites (como o excelente HDTracks.com, que já citamos em outro artigo), em formato 24 bit e de 88 kHz a 192kHz, dependendo do álbum. Raramente encontramos resoluções maiores do que estas em outros sites, pois são raros os DACs que suportam mais do que 24/192, além do que teríamos arquivos cada vez maiores, para serem transmitidos e armazenados, com retornos decrescentes na qualidade do áudio percebido. O mercado atualmente adotou como padrão até 24 bit e 192kHz de resolução, não mais que isso.
                Mas nem sempre as nossas interfaces USB para SPDIF e os nossos aparelhos de DAC suportam 192kHz, muitos trabalham só até 96kHz (apesar de 24 bits ser comum, quase todos aceitam). Isso não é problema, pois podemos comprar o arquivo original, com 192kHz, e abaixar a freqüência de amostragem ("downsampling", em inglês) pelo software do player. No JRiver Media Center, por exemplo, é possível subir ou abaixar a freqüência de amostragem à vontade nas configurações de áudio do programa.
                Também, na alta resolução, temos o DSD no computador ("Direct Stream Digital", corrente direta digital, em inglês), com o mesmo padrão de codificação usado nos SACDs. É possível armazenar os discos de SACDs no computador, sem perdas, usando técnicas complicadas como, por exemplo, usando algumas versões do video game Playstation 3. O mercado de áudio DSD na Internet é pequeno e são poucos os sites que vendem álbuns neste padrão. Poucos DACs também aceitam nativamente DSD por USB. Para a maioria dos DACs, é necessário converter o DSD para PCM, por software, antes de enviar para os DACs. Com isso, vemos que o DSD, no computador, assim como o disco físico do SACD, continuam sendo um nicho pequeno de mercado.
Recomendamos que vocês procurem e comprem os seus álbuns favoritos no HDTracks e, depois, vocês mesmos poderão compará-los com os seus CDs.
        Caso haja dúvidas, a respeito de alguns termos técnicos, recomendamos consultar o site: http://en.wikipedia.org/wiki/Main_Page

           
Cabos de Interconexão - TOP Wonder  RCA/Digital/XLR/Speaker Cables


 

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br