By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 


Número 400
 

Música em Levitação

 

Equipamentos e Cabos

Flavio Adami
flavioadema@uol.com.br

        

          Os toca discos, que conhecemos atualmente, possuem três modos de transmissão. Os mais antigos utilizavam polias, que eram problemáticas, pois geravam muitos ruídos prejudicando a qualidade sonora.

© 2010-2020 Jorge Bruno Fritz Knirsch
   Todos os direitos reservados
 http://www.byknirsch.com.

          Logo surgiu a transmissão tipo belt drive, que é utilizada na maioria dos toca discos, principalmente nos audiófilos, porque não transmitem ruídos, e é usada também nos toca discos ainda mais sofisticados, que funcionam com o motor isolado da base.
          Além destes, temos os direct drive, cujo motor é acoplado diretamente ao eixo do prato. São os preferidos, principalmente pelos DJ´s, pois têm a possibilidade de ajuste variável da velocidade, inclusive podem ter o prato freado com a mão, por algum tempo, sem danos.


          Eu já havia ouvido falar deste novo toca discos, através de uma informação enviada pelo amigo Wran, e resolvi escrever este artigo para apresentá-lo a vocês.
          O toca discos em questão é o Maglev, que utiliza a tecnologia de magnetismo, permitindo que o prato gire flutuando no ar alguns centímetros acima da base. O aparelho funciona nas tradicionais velocidades de 33 e 45 rpm e, como o prato necessita de energia elétrica para flutuar, uma queda de energia teoricamente causaria um estrago, derrubando o prato em cima da base. Entretanto, ele conta com um sistema de segurança, através de uma bateria  back-up, que armazena energia suficiente para desligar o sistema magnético, de forma que o prato desça suavemente e fique apoiado em pernas, que se retraem, quando colocamos o prato para girar. É um toca discos semi automático, com o braço que cai, com o pressionar de um botão, e se eleva sozinho quando o disco chega ao fim e pára de tocar. O Maglev recebeu o título de primeiro toca discos levitador do mundo, pois possui imãs para suspender o prato que fica flutuando no ar, sem nenhum tipo de suspensão, e funciona basicamente com o mesmo princípio dos brinquedos magnéticos e da tecnologia dos trens bala. O sistema de acionamento, neste toca discos, é onde está toda magia, explicam os projetistas. Conseguimos alcançar não só a levitação magnética, mas também conseguimos manter o giro incrivelmente preciso do prato com o software de controle de sensores. Eles descobriram como criar uma rotação consistente, com um motor magnético, onde se consegue alternar com facilidade as duas velocidades padrão.
          Segundo informações, o Maglev foi lançado no final do ano passado. A equipe de projetistas é formada por entusiastas e experientes profissionais, provenientes de vários campos, tais como design, engenharia, produção e logística, que se uniram pelo amor compartilhado pela música.
          Ainda temos que dar um tempo, para verificarmos verdadeiro o resultado desse projeto. Alguns audiófilos estão desconfiados, e até descrentes, imaginando que o campo magnético, gerado entre a base e o prato flutuante, possa causar uma interferência na cápsula magnética. Outros ainda afirmam que o fato de o prato flutuar poderá gerar um desgaste irregular do vinil.
          Independentemente de toda esta suposta problemática, é um projeto futurista e revolucionário. Se realmente funcionar, na minha opinião, vai produzir um silêncio e uma ausência de ruídos nunca vistos antes em qualquer toca discos.                    

          Ótimas audições a todos! Aquele abraço!                               


 

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br