By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 

 
Número 10

Equipamentos e Cabos

 Flávio Adami

                                                                SINAL DOS TEMPOS


          Ao longo desses quase 45 anos dedicados ao áudio, me deparei com praticamente todos os tipos de equipamentos, e uma coisa que me chama a atenção, nos dias de hoje, é a evolução que eles sofreram, principalmente os de baixo custo e que, hoje em dia, tocam uma barbaridade. O que vem favorecendo essa qualidade nos equipamentos de preço acessível é que praticamente todos, com exceção daqueles chamados “State of the Art”, onde existe uma construção artesanal em todos os aspectos, os de preço acessível atualmente são projetados nos países de origem, como exemplo Inglaterra e Estados Unidos, porém montados na China, onde a mão de obra permite que tenhamos uma qualidade de áudio excepcional, sem machucar o bolso de ninguém.
          Mais uma vez eu digo que, atualmente, um resultado sonoro de qualidade está muito mais na acústica do ambiente, na elétrica, no perfeito posicionamento das caixas e equipamentos, na escolha certa dos cabos para afinar corretamente o sistema, onde cada mínimo detalhe pode influir sobremaneira no resultado sonoro final.
          Eu já escutei equipamentos caríssimos tocando absolutamente mal e equipamentos de baixo custo tocando de forma excepcional, graças ao perfeito ajuste que foi dado ao sistema, tão necessário para se obter aquilo que chamamos de um resultado final verdadeiramente High End.
          Os equipamentos que eu denominaria de High End absoluto são aqueles que tem a capacidade de reproduzir todos os estilos de música, com absoluta autoridade, desde um simples quarteto de cordas a uma banda de fuzileiros navais, sem jamais comprimir a dinâmica ou endurecer o som, com todos os bumbos e tímpanos de uma sinfônica fazendo-se sentir no peito, criando a melhor sensação de presença ao vivo. Entretanto, esse tipo de equipamento, que poderíamos chamar de High End completo, sem dúvida, custa os olhos da cara, pois exige sala de grandes dimensões, caixas de grande porte, que respondam todo espectro sonoro, desde os subsônicos até os detalhes mais sutis de alta freqüência, amplificadores, com uma grande capacidade de corrente, capazes de dominar as impedâncias mais baixas e, obviamente, obter um controle dos graves que, associado a uma acústica perfeita, faz com que todo esse conjunto evite as desagradáveis retumbâncias em baixas freqüências.
          Isso tudo não significa que um equipamento de preço médio e baixa potência não possa ter o mesmo refinamento de um equipamento de grande porte, principalmente em se tratando das médias e altas freqüências. Os graves, obviamente, num ambiente pequeno, com caixas Bookshelf, não vão ter o mesmo efeito e pressão sonora de um grande sistema, porém podem ser bem precisos e articulados, desde que não se exceda no volume, causando o inevitável endurecimento causado pelos pequenos integrados com fontes franzinas. Volto a repetir:  qualidade sonora não tem nada a ver com potência nem com equipamentos gigantescos.
          Temos como exemplo amplificadores valvulados Single Ended, como os Audio Note ou os WaVac, onde alguns modelos não passam de 10 watts por canal, mas, em compensação, possuem um refinamento sonoro de se tirar o chapéu e também custam os olhos da cara.
          Se o seu equipamento for de preço médio e a potência não for alta, procure caixas que tenham uma boa eficiência e tenha sempre em mente que o ajuste do sistema atualmente é o fator mais importante. O primordial é que esse equipamento soe bem para seus ouvidos e a música se faça sempre com extremo prazer. Procure sempre as audições de música ao vivo, em salas de boa acústica, e instrumentos com sonoridade natural, sem nenhum tipo de amplificação, pois somente isso é a absoluta referência para o ajuste de qualquer equipamento audiófilo.

     Boas audições
             

http://www.byknirsch.com.br/produtos-antiresson-bandstand.shtml

 

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br