By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 

 
Número 34
 

Equipamentos e Cabos                             

Flávio Adami 

 

Lembranças de um Passado

          Neste artigo, gostaria de prestar  uma homenagem àqueles que, no passado, graças à sua genialidade, foram, sem dúvida, responsáveis por tudo aquilo que vivemos no áudio dos dias atuais. Pessoas de uma época que eu chamaria de áudio romântico, onde todos os equipamentos eram valvulados, montados de forma artesanal, e onde os circuitos impressos nem ao menos eram utilizados. Uma homenagem àqueles que, por exemplo, tornaram os amplificadores, até então apenas utilizados para fins de transmissões radiofônicas ou para uso militar, em obras de arte audiófilas, que até hoje encantam nossos ouvidos, apesar de terem uma idade que ultrapassa os 60 anos.

© 2004-2014 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
http://www.byknirsch.com.br


            Vamos primeiramente reverenciar o grande Lee de Forest que, em termos de amplificação, foi o que deu início a tudo. Forest foi um físico que pesquisou componentes e aparelhos dedicados para gravação e reprodução de sons e aplicação nos campos da eletromedicina e telefonia. Em 1907, patenteou a válvula triodo e desenvolveu um detector eletrolítico para ondas de rádio. A partir da criação da válvula, o espaço foi aberto para que os gênios do áudio pudessem desenvolver os primeiros amplificadores audiófilos que encantariam nossos ouvidos.
            Harold Leak, sem dúvida, foi um dos pioneiros e, aproximadamente dois anos antes do início da segunda guerra, fabricava amplificadores para PA "Public Address" e também para projetores de cinema. Fundou sua empresa em 1934 e sempre teve sua mente voltada para o desenvolvimento de powers de alta qualidade, culminando com o famoso Leak Stereo 60, que tive a oportunidade de escutar e que naquela época tinha uma qualidade de áudio excepcional.


Leak Stereo 60 com a válvula EL34


             Outro, que ficou na lembrança de todos nós, foi, sem dúvida, Frank McIntosh, que iniciou sua carreira aos 10 anos de idade, na Bell Telephone Laboratories, em Murray Hill, New Jersey. Em 1942, já tinha um pequeno escritório de consultoria, em Washington, para o desenvolvimento de tecnologia para estações de rádio e sistemas de amplificação para áudio. Em 1946, Gordon Gow se uniu a Frank, como engenheiro assistente, e deram início ao desenvolvimento de transformadores para áudio de alta qualidade. Em 1949, surgiu o amplificador que tornou essa empresa conhecida de todos nós, o McIntosh 50 W, com 60 watts de potência, usando um par de válvulas 6L6 no estágio de saída, e respondia, já naquela época, de 20Hz a 20 kHz com uma distorção menor do que 1%. Os mais conhecidos de todos os audiófilos são, sem dúvida, os powers 275 e 240. E o pré que mais me impressionou, pela qualidade de áudio, foi o excepcional C22, inclusive reeditado em comemoração aos sessenta anos da empresa.
             Outra empresa inesquecível, pela qualidade de seus produtos, foi a Marantz, fundada por Saul Marantz, que fabricou seu primeiro pré-amplificador modelo "Consolette" na sua própria casa, em Kew Garden, New York. Depois, em 1950, fundou sua empresa, produzindo amplificadores e caixas acústicas e sua paixão por música fez com que ele se tornasse um dos principais projetistas voltados para o áudio high end. Criou produtos inesquecíveis até hoje, como o pré-amplificador modelo 7, o power 8B, o modelo 9 e o tuner 10B. Tive a oportunidade de possuir um pré 7 e um power 8B e, com certeza, foi uma das coisas mais impressionantes que tive a oportunidade de escutar.


           Pré-amplificador Quad 33

              Outro gênio foi, sem dúvida, Peter Walker, que fundou sua empresa em 1936, em Londres, chamada inicialmente de "S.P. Fidelity Sound Sistems", que logo foi alterada para Acoustical Manufactoring Co. O nome Quad, que significa "Quality Unit Amplifier Domestic", surgiu em 1957. A empresa fez sua historia com o lançamento do primeiro sistema eletrostático "full range", modelo denominado ESL-57. Devido a alguns problemas técnicos e limitação de potência, a Quad lançou as famosas ESL-63, maiores e mais eficientes. A grande vantagem dos painéis eletrostáticos reside no fato da membrana, que provoca a movimentação do ar, praticamente não ter massa. Isto quer dizer que não existe inércia e que a reprodução dos transientes é praticamente instantânea, proporcionando uma reprodução extremamente fiel. Além dos painéis, creio que os produtos mais importantes foram, sem dúvida, o Pré Quad modelo 33, lançado em 1967, que teve 120.000 unidades vendidas, e o power Quad ll. Estes dois produtos formaram um dos conjuntos mais importantes da era dourada do áudio.
               No próximo artigo, pretendo continuar escrevendo a respeito dos grandes gênios audiófilos do passado.

              Boas audições !!!


              http://www.byknirsch.com.br/produtos-cabos-connect-caixas.shtml 

                    

http://www.byknirsch.com.br/produtos-antiresson-bandstand.shtml

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br