By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 

 
Número 48
 

Equipamentos e Cabos

Flávio Adami
flavioadema@uol.com.br

Amaciamento! O que é isto?

                   

                  Vamos abordar um assunto tão discutido: o processo de "burn in" ou amaciamento, que os equipamentos, de um modo geral, tem que passar para que possam chegar a uma condição ideal de desempenho. Alguns fabricantes indicam até 200 horas e alguns equipamentos podem chegar a 500 horas, ou mais, dependendo do projeto.
                   Entretanto, o intuito deste artigo é procurar explicar o que acontece nesse prolongado processo de queima e qual a razão para que isso possa influenciar sobremaneira o resultado sonoro final de um equipamento.

                  Na minha opinião, o que mais depende de um processo de queima, são, sem dúvida, as caixas acústicas. Os alto falantes, depois que são fabricados, apresentam enrijecimento das centragens (aranhas) e das bordas de borracha, não tendo ainda condições para exercer toda a flexibilidade necessária para atingirem a ressonância calculada pelo projeto, a fim de poderem alcançar seu pleno funcionamento. Além disso, caso as caixas acústicas fiquem estocadas por um longo período, podem levar um tempo ainda maior para atingirem seu ponto ideal de funcionamento. Com a utilização, esses componentes vão se movimentando e, como conseqüência, vão abaixando a freqüência de ressonância e, gradativamente, obtendo graves mais extensos e precisos. O mesmo acontece com os médios, no caso de caixas de três vias, onde se pode perceber, depois de muitas horas, que as vozes e os instrumentos que atuam nessa região, de um modo geral, se tornam mais naturais e prazerosos de ouvir. Os crossovers também passam por esse necessário processo de queima, pois os capacitores também são influenciados quando excitados pela corrente elétrica.

© 2006-2016 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
http://www.byknirsch.com.br


                   A quase totalidade dos tweeters são montados numa graxa de cor avermelhada, chamada de ferro fluido, material que apresenta grande capacidade de magnetização, quando colocado na presença de um campo magnético. O ferro fluido é composto por partículas magnéticas, geralmente hematita ou magnetita, em escala nanoscópica, suspensas em fluído. Nos alto falantes, é utilizado para dissipar o calor entre a bobina e o campo magnético, além de amortecer passivamente o movimento do cone ou dome. Fica depositado no entreferro (gap), ao redor da bobina, melhorando consideravelmente o damping e os transientes. Com a falta de uso, no início do processo de queima, esse material se apresenta mais endurecido, limitando a extensão e a resposta dos transientes e causando uma ineficiência nos agudos.
                   No caso dos cabos, também existe a influência do processo de queima, pelo fato de que os isolantes estabilizam a sua constante dielétrica durante o período de amaciamento. O tempo deste processo varia de cabo para cabo, considerando-se que a constante do vácuo é 1, a do teflon é 2,1, a do polietileno é 2,2 e a do PVC está entre 3,6 e 4. Todo dielétrico sofre influência de cargas, devido aos campos elétricos criados pela passagem da corrente. Existem estudos que mostram que os diferentes dielétricos influem de formas diversas na fase, entre a tensão e a corrente elétrica do sinal.

                    No caso dos amplificadores e outros componentes, esse fato também se evidencia, pela presença da isolação dos cabos internos e dos capacitores e por uma acomodação de todo o circuito eletrônico.

               Boas audições !!!           

http://www.byknirsch.com.br/produtos-antiresson-bandstand.shtml


   

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br