By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 


Número 255

Como ouvir Melhor?

Equipamentos e Cabos

Flavio Adami
flavioadema@uol.com.br

             Como eu havia dito certa vez, o melhor palco sonoro, que já escutei na minha vida, foi com o uso de um equipamento muito simples, porém com as duas caixas posicionadas na praia, com as fontes sonoras bem distantes, ou seja, nada do lado, nada atrás, somente as caixas naquela imensidão da praia do Lázaro, em Ubatuba.
         
Outro dia observei, no livro Get Better Sound, de Jim Smith, uma imagem onde ele recria aquilo que seria o ideal: uma sala de dimensões avantajadas, as caixas bem distantes da parede dos fundos, e nenhum equipamento entre elas, ou seja, todos os aparelhos estavam colocados lateralmente em uma das paredes.

 

             © 2006-2016 Jorge Bruno Fritz Knirsch
           Todos os direitos reservados
           http://www.byknirsch.com.br

                   Teoricamente isso faz sentido, tendo em vista que racks, ou outros elementos entre as caixas, podem prejudicar a boa imagem sonora. Normalmente, o ideal seria que todos os equipamentos ficassem no chão, entre as caixas, minimizando esse problema.

               O que percebo dessa teoria de Jim Smith é que, apesar de fazer sentido, resolve um problema, porém cria outro. Para se colocar o rack dos equipamentos lateralmente, se faz necessário o uso de cabos longos. E isto não é bom, porque além de provocarem perdas, necessitam ter o mesmo comprimento, ou seja, um dos lados ficará como uma macarronada, com cabo sobrando, e ainda há o problema do custo, já que, se quisermos utilizar cabos de preço alto, a coisa ficará inviável.
                   
O importante é não esquentarmos muito a cabeça com isso, pois cada um tem sua sala e, atualmente, com os apartamentos de pequenas dimensões, todas essas teorias ficam um pouco sem sentido.
                   
Relevante é respeitarmos uma distância razoável das caixas, em relação a parede dos fundos, que melhora a sensação de palco e também evita que tenhamos graves exagerados e descontrolados. Devemos também cuidar da abertura das caixas, de preferência de forma proporcional ao ponto de audição, e ficarmos sentados de forma que os tweeters fiquem voltados para os nossos ouvidos, num ajuste de toe-in que favoreça um bom palco. Equipamentos colocados no chão, em cima de bases antirressonantes, ajudam para que tenhamos um palco pelo menos razoável, de forma a nos dar aquela sensação de presença dos músicos em nossa sala. Vejam Audiophile News 17.
                   
Para aqueles que não têm condições de ter uma sala dedicada, que é o caso da grande maioria, e onde se torna inevitável a presença de um rack/móvel entre as caixas, aconselho que, pelo menos,  este móvel seja vazado de todos os lados. Vejam Audiophile News 39. Um bom carpete, uma boa cortina e um bom sofá podem ajudar.
                    O fundamental é que tudo esteja correto e bem posicionado, para que possamos obter aquilo que é primordial, o equilíbrio tonal.

                   
O resto é escutar música com prazer, criando o nosso palco sonoro e aqui é bom lembrar que gravações em estúdio não têm palco sonoro. Os efeitos de palco são criados através da mixagem, mesmo porque cada músico pode gravar na hora que quiser, ou seja, o sax pode ser gravado no dia seguinte, o piano um mês depois. E assim se torna possível inserir ou tirar instrumentos, sendo que o resultado final ficará por conta daquilo que os músicos e o engenheiro de gravação acharem melhor.   
 

 Ótimas audições e aquele abraço!

Bandejas Antirressonantes Bandstand   
                           

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br