i   By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 


Número 322

Falando de Timbre

Mídia Gravada

 

Flavio Adami
flavioadema@uol.com.br

            Timbre é a característica peculiar de cada som. Apesar de aprendermos no colégio que o som é uma onda, essa onda senoidal nem sempre é perfeita como aparece nos livros.
 

             © 2006-2016 Jorge Bruno Fritz Knirsch
           Todos os direitos reservados
           http://www.byknirsch.com

            Cada onda sonora apresenta um formato característico, que depende do material que produziu o som. Isso é o que define o timbre sonoro.


            Timbre é o que diferencia dois sons de mesma freqüência ou mesma nota fundamental. Por exemplo, a nota dó, tocada no violão, tem um som muito diferente da nota dó tocada no teclado ou na flauta. Isso significa que esses instrumentos possuem timbres diferentes. Dois violões, de mesmo modelo e mesmo fabricante, podem também possuir timbres diferentes. Isso ocorre pelo fato da fabricação não ser igual para todos os instrumentos em uma linha de montagem. Qualquer milímetro de diferença, no posicionamento ou encaixe de uma peça, altera  o timbre de um instrumento acústico e muitas vezes esses detalhes passam despercebidos.
            Nos instrumentos eletrônicos, essa diferenciação de timbre se dá devido à parte do circuito elétrico, aos alto falantes e caixas acústicas, aos captadores que, por exemplo, caracterizam os diferentes timbres de várias guitarras elétricas.
            É importante que treinemos nossos ouvidos, para ficarmos sensíveis aos diferentes timbres. Trocar as cordas de um violão, por exemplo, utilizando cordas de melhor procedência, pode lhe proporcionar uma maior qualidade sonora, tornando o timbre mais agradável.
            As notas musicais, produzidas por instrumentos ou cantores, são formadas por um conjunto de diferentes freqüências, a partir de uma freqüência básica ou fundamental, característica da nota. Um lá, por exemplo, tem uma freqüência básica de 440 Hz. Um lá de um violino é diferente do lá de uma flauta ou de um cantor. Apesar da mesma freqüência dominante, a forma da onda de pressão é diferente. Uma flauta produz um som com uma onda tipo senoidal, quase pura, enquanto que o som produzido por um violino possui uma onda mais complexa.
            O timbre está associado à forma da onda e nos permite distinguir sons de mesma freqüência, produzidos por instrumentos diferentes. O timbre é caracterizado pela soma de freqüências que constituem a onda sonora emitida pelo instrumento. O timbre também é denominado qualidade do som. A combinação de freqüências caracteriza o som e também determina se um som é agradável ou não. A sensação de som agradável ocorre quando as freqüências que o compõe são múltiplas umas das outras, isto é, quando temos uma freqüência básica e as demais são duas, três ou quatro vezes maiores, os chamados harmônicos.
            Os sistemas de áudio mais sofisticados têm a incumbência de tentar reproduzir, com a melhor qualidade possível, o timbre original dos instrumentos. Disso depende a qualidade do circuito eletrônico, da acústica do ambiente e, essencialmente, das caixas acústicas. As caixas têm a incumbência de não produzir colorações na região dos graves e agudos e, principalmente, na região média, que pode alterar sobremaneira a qualidade tímbrica dos instrumentos.
            Infelizmente, essa perfeição custa caro, mas vale a pena para aqueles que, como eu, são apaixonados por música. 
            Vejam alguns artigos correlatos:
Audiophile News 50, os Instrumentos e seus Timbres; Audiophile News 52, o Timbre e seu Envelope; Audiophile News 55, Timbres, Formantes e Envelopes.                       

            Ótimas audições a todos! Aquele abraço! E até a próxima!

 

 

Não desejando mais receber o Audiophile News, responda este e-mail com a palavra descadastrar.

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br