By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 


Número 427

Um Grande Desafio: Compatibilizar Caixa Com Power
4ª. Parte
 

Equipamentos e Cabos

Jorge Knirsch
jorgeknirsch@byknirsch.com.br

         

          Continuando o grande desafio de compatibilizar caixas com amplificadores, vamos agora analisar as caixas e amplificadores da classe High End. Apresentamos, no Audiophile News 420, os AKs das caixas acústicas e das bookshelf, no Audiophile News 422, apresentamos  os AKs dos amplificadores integrados transistorizados, dos integrados valvulados, dos amplificadores de potência e dos AV receivers. No Audiophile News 424, analisamos a compatibilidade entre caixas e amplificadores da classe de referência da revista AUDIO.

             © 2010-2020 Jorge Bruno Fritz Knirsch
           Todos os direitos reservados
           https://www.byknirsch.com.br

 

          Na classe High End de caixas acústicas, foram analisadas 178 caixas com AKméd=60,6 e 20 caixas bookshelf com AKméd=61,60. Nos amplificadores integrados, foram analisados 45 aparelhos com AKméd=60,8. Nos integrados valvulados foram analisados 9 aparelhos com um AKméd=37,8 e AKmáx=50. Como o AKméd e o AKmáx dos valvulados são muito baixos, não vamos considerá-los nesta análise pois a compatibilidade ficará muito difícil. Na classe High End dos powers, foram analisados 21 modelos com AKméd de 62,3 e 29 AV receivers com AKméd=66,9.
          Aqui, a nossa idéia é lhes apresentar 5 torres, de marcas mais conhecidas, e 2 bookshelf, com os AKs mais baixos, que facilitam a escolha dos amplificadores. Vamos também apresentar algumas torres, com AKs mais altos, onde a compatibilidade vai exigir um estudo mais aprofundado. Do lado dos amplificadores, vamos também apresentar  5 integrados e 5 powers, respectivamente de marcas mais conhecidas, que apresentam AKs mais altos, e algumas marcas com AKs mais baixos, onde todo o cuidado é pouco para garantirmos um bom casamento.

AK da Classe High End da AUDIO
Caixas
AK Marca Modelo Preço (€ ) QS Revista
Torre 58 Sonus Faber Olympica 3 10.800,- 100 1/18
Torre 55 Triangle Signature Alpha 7.500,- 99 9/14
Torre 58 KEF Reference 205/2 8.000,- 99 1/08
Torre 55 B&W 803 Diamond 9.000,- 99 10/10
Torre 56 PSB Imagine T3 7.000,- 98 12/16
Bookshelf 59 Klipsch Palladium P17B 4.000,- 91 2/09
Bookshelf 41 Voxativ Hagen 4900,- 91 1/17

          Legenda:  AK= índice de compatibilidade; O AK do amplificador deve estar sempre acima do AK da caixa acústica; QS= qualidade sonora.

          Existem ainda algumas marcas e modelos com AKs baixos, como as torres da linha da Klipsch (AKméd=38), da KEF (AK méd=56), da Tannoy (AKmed=49), da Piega (AKmed=57) e alguns modelos da Focal (AKmed=59). Marcas que possuem AKs mais altos, como algumas da Burmester (AKmed=66), uma da Polk Audio (LSiM 705 AK=71), da German Physics (AKmed=92), da Gauder Akustik (AK=72), da inglesa Neat (AK=69), e da PMC (AK=66) exigem mais cuidado na escolha dos amplificadores para tocá-las a contento. Infelizmente não existe uma correlação entre o AK e a QS. Existem caixas com alto AK com excelente qualidade sonora e vice-versa.
          Na classe High End de integrados e powers, não existe nenhum aparelho que tenha um AK maior do que 76. Assim, vamos adotar os mais conhecidos com AK acima de 70 pontos, que poderão tocar as caixas indicadas na tabela acima e também as marcas indicadas com AK mais baixo. É evidente que os integrados e powers, indicados no Audiophile News 424 anterior, também poderão tocar estas caixas.

Amplificadores Integrados da Classe High-End da AUDIO AK>70
AK Marca Modelo Preço (€ ) QS Revista
73 Harman HK 990 1.500,- 100 10/09
70 T+A Power Plant 1.500,- 100 12/07
71 NAD C-375 BEE 1.400,- 95 12/11
75 Advance Acoustic MAP-800 2.000,- 95 2/09
70 Rotel RA-1570 1.500,- 95 8/13

 

Amplificadores de Potência da Classe High End da AUDIO AK>70
AK Marca Modelo Preço (€ ) QS Revista
73 Vincent SP-331 Mk 1.600,- 100 7/09
76 Cambridge 840W 2.000,- 100 7/09
77 Cambridge Azur 851W 2.200- 100 1/16
83 Rotel RB-1090 2.500,- 100 12/06
71 Advance Acoustic X-A 1600 1.200- 95 5/14

          Como o nível de qualidade sonora dos AV Receivers é inferior ao dos integrados, e mais ainda em relação ao dos powers, não vamos listá-los aqui. A classe de ponta da AUDIO, das caixas acústicas, dos integrados e dos powers já a consideramos "áudio de entrada" e não vamos analisá-la mais. Caso algum leitor deseje uma análise de algum conjunto específico, estamos à disposição.
          Ótimas audições a todos! Aquele abraço! E até a próxima!

TOP Wonder Excellence RCA


 

  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br