By Knirsch - Produtos, Projetos e Consultorias
  Uma Entrevista com Jorge Knirsch

Veja o teste:
 do
 
powerline Audiófilo lf-115
 
http://youtu.be/QDZqmV4LgME

 
  Veja os comentários de Fernando Sampaio (RJ) a respeito de fiação sólida e aterramento do neutro.
Carta de Clientes

 
 
 
Veja os produtos à venda em:

Usados

 
 
     
 

 
     
 


Clique aqui para conhecer nosso informativo eletrônico e inscrever-se para recebê-lo em seu e-mail.

 
     
  Novos Cabos de Energia By Knirsch para instalações elétricas em áudio/vídeo
 Power Cable AC-25, 40
,60 e 100
 
     
  Antes de construir, otimizamos as medidas da sua sala de audição,
 Home Theater
, e afins.
 

 


Número 130

POSICIONAMENTO DE CAIXAS - 1ª. Parte

Acústica

  Jorge Knirsch
jorgeknirsch@byknirsch.com.br

Introdução

             Neste artigo, desejamos tratar especificamente do posicionamento das caixas acústicas frontais. Como já comentamos algumas vezes, este aspecto se reveste de importância ímpar no resultado sonoro final de um sistema. É tão necessário quanto a acústica da própria sala. Em um sistema de som bem montado, sua relevância fica acima da mídia gravada, da elétrica, dos equipamentos e cabos, do aterramento, das vibrações e dos acessórios, pois pode fazer toda a diferença, determinando se o resultado final ficará mais para um som medíocre ou para algo maravilhoso.
            Já publicamos alguns artigos sobre o ajuste fino do posicionamento de caixas acústicas nos
Audiophile News 78 e Audiophile News 87. Nos Audiophile News 118 e Audiophile News 122, apresentamos a determinação da Zona de Neutralidade, segundo Dave Wilson (proprietário da famosa marca Wilson Audio), um método empírico para o posicionamento das caixas acústicas frontais. Nos próximos artigos, vamos trazer todos os conhecimentos que desenvolvemos, ao longo dos anos, a respeito deste assunto. Elaboramos um método bastante técnico e inovador, porém muito eficaz, que nos permite estabelecer este posicionamento, de forma exemplar, e com um resultado indiscutível, já testado de inúmeras maneiras, em variadas salas e situações. Muitos clientes nossos já o comprovaram. Temos apresentado esta técnica também em nossos cursos de acústica, na www.audiobrazil.com.br. (A propósito, um novo curso está para começar agora no final de janeiro de 2013. Maiores informações poderão ser obtidas em:Seminários e Conferências).
          

© 2010-2020 Jorge Bruno Fritz Knirsch
           Todos os direitos reservados
           https://www.byknirsch.com.br

 

Premissas Necessárias para o Posicionamento das Caixas 

            Certas premissas deverão ser observadas para que esta técnica inovadora funcione corretamente:

·                O volume da sala não deverá ser menor do que 50m³;         

·                A sala deverá ser de forma paralelepípeda;

·               O sistema de áudio deverá ser montado na largura da sala de forma simétrica com as paredes laterais e o ouvinte deverá se sentar ao longo do comprimento;

·               A posição do ouvinte será, de início, o vértice de um triângulo eqüilátero, que depois poderá ser transformado em um triângulo isósceles, se o ouvinte desejar se afastar das caixas;  

·                Os ouvidos do ouvinte, sentado, deverão estar na altura dos tweeters das caixas acústicas;

 

         Os três primeiros itens são muito importantes, para garantir um volume suficiente na sala, que nos dê a liberdade necessária para encontrarmos o melhor posicionamento das caixas acústicas, sem limitação de espaço, evitando áreas muito pequenas. Assim, estas três principais premissas, caso não atendidas, dificultam em muito a aplicação deste nosso novo método.

        De início, vamos apresentar toda a teoria, juntamente com a parte técnica. Em seguida, analisaremos as situações especiais, devido ao aumento de complexidade que estas alterações trazem consigo, como salas menores e sistemas colocados ao longo do comprimento da sala, além de outras irregularidades que porventura possam existir na sala.

        Dadas as premissas para este novo método, iremos, no próximo artigo, apresentar o procedimento de forma resumida de como chegamos a definir as posições das caixas e em seguida vamos detalhar cada passo do novo método começando pelos graus de liberdade do posicionamento de caixas acústicas.

         Aquele abraço!! Desejamos a todos ótimas experiências!! Até breve!

powerline Audiófilo, Special e Protect

 
  By Knirsch-Produtos Projetos e Instalações
© 2008-2018 Jorge Bruno Fritz Knirsch
Todos os direitos reservados
https://www.byknirsch.com.br